Posso soltar as asas…

Posso soltar as asas,
Abalar no vento,
Prender-me á liberdade,
Como um nómada d’outro tempo,

Mas só voo, se me fizer
Soltar do medo e do pensar,
posso soltar as asas,
E deixar a alma

presa ao peito,
Que jamais isso,
Será voar a sério, sem volta
Nem pesar…

Sou tanto livre,
Quanto o coração
Me faça desaprender,
D’o sentir normal.

Posso soltar as asas,
Pra aliviar o peso,
Mas penso simplesmente,
Que voar é adicionar-me ao vento,

Sem o apetrecho
Que carrego desde sempre e o peso
Enganchado deste jeito,
Ao corpo morto,

Ele todo, ele todo…

Joel matos (03/06/2015)

http://namastibetpoems.blogspot.com

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s