o Outro

Na parede d’alguém
Escrevi, – eu existo –
Na parede da frente
Alguém mais baixo,escreveu:

-“Embora Zé, sem visto
Eu ninguém sou, nem
Aqui nem lá donde
Vim e prond’me vou,

Nem o Cristo me visita,
Ou o outro indiferente,
Ostentando o crucifixo
Torto”

Jorge santos (02/2017)
http://namastibetpoems.blogspot.com

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s